Fechar
Socilitações

Política de Cookies

Seção 1 - O que faremos com esta informação?

Esta Política de Cookies explica o que são cookies e como os usamos. Você deve ler esta política para entender o que são cookies, como os usamos, os tipos de cookies que usamos, ou seja, as informações que coletamos usando cookies e como essas informações são usadas e como controlar as preferências de cookies. Para mais informações sobre como usamos, armazenamos e mantemos seus dados pessoais seguros, consulte nossa Política de Privacidade. Você pode, a qualquer momento, alterar ou retirar seu consentimento da Declaração de Cookies em nosso site.Saiba mais sobre quem somos, como você pode entrar em contato conosco e como processamos dados pessoais em nossa Política de Privacidade.

Seção 2 - Coleta de dados

Coletamos os dados do usuário conforme ele nos fornece, de forma direta ou indireta, no acesso e uso dos sites, aplicativos e serviços prestados. Utilizamos Cookies e identificadores anônimos para controle de audiência, navegação, segurança e publicidade, sendo que o usuário concorda com essa utilização ao aceitar essa Política de Privacidade.

Seção 3 - Consentimento

Como vocês obtêm meu consentimento? Quando você fornece informações pessoais como nome, telefone e endereço, para completar: uma solicitação, enviar formulário de contato, cadastrar em nossos sistemas ou procurar um contador. Após a realização de ações entendemos que você está de acordo com a coleta de dados para serem utilizados pela nossa empresa. Se pedimos por suas informações pessoais por uma razão secundária, como marketing, vamos lhe pedir diretamente por seu consentimento, ou lhe fornecer a oportunidade de dizer não. E caso você queira retirar seu consentimento, como proceder? Se após você nos fornecer seus dados, você mudar de ideia, você pode retirar o seu consentimento para que possamos entrar em contato, para a coleção de dados contínua, uso ou divulgação de suas informações, a qualquer momento, entrando em contato conosco.

Seção 4 - Divulgação

Podemos divulgar suas informações pessoais caso sejamos obrigados pela lei para fazê-lo ou se você violar nossos Termos de Serviço.

Seção 5 - Serviços de terceiros

No geral, os fornecedores terceirizados usados por nós irão apenas coletar, usar e divulgar suas informações na medida do necessário para permitir que eles realizem os serviços que eles nos fornecem. Entretanto, certos fornecedores de serviços terceirizados, tais como gateways de pagamento e outros processadores de transação de pagamento, têm suas próprias políticas de privacidade com respeito à informação que somos obrigados a fornecer para eles de suas transações relacionadas com compras. Para esses fornecedores, recomendamos que você leia suas políticas de privacidade para que você possa entender a maneira na qual suas informações pessoais serão usadas por esses fornecedores. Em particular, lembre-se que certos fornecedores podem ser localizados em ou possuir instalações que são localizadas em jurisdições diferentes que você ou nós. Assim, se você quer continuar com uma transação que envolve os serviços de um fornecedor de serviço terceirizado, então suas informações podem tornar-se sujeitas às leis da(s) jurisdição(ões) nas quais o fornecedor de serviço ou suas instalações estão localizados. Como um exemplo, se você está localizado no Canadá e sua transação é processada por um gateway de pagamento localizado nos Estados Unidos, então suas informações pessoais usadas para completar aquela transação podem estar sujeitas a divulgação sob a legislação dos Estados Unidos, incluindo o Ato Patriota. Uma vez que você deixe o site da nossa loja ou seja redirecionado para um aplicativo ou site de terceiros, você não será mais regido por essa Política de Privacidade ou pelos Termos de Serviço do nosso site. Quando você clica em links em nosso site, eles podem lhe direcionar para fora do mesmo. Não somos responsáveis pelas práticas de privacidade de outros sites e lhe incentivamos a ler as declarações de privacidade deles.

Seção 6 - Segurança

Para proteger suas informações pessoais, tomamos precauções razoáveis e seguimos as melhores práticas da indústria para nos certificar que elas não serão perdidas inadequadamente, usurpadas, acessadas, divulgadas, alteradas ou destruídas.

Seção 7 - Alterações para essa política de privacidade

Reservamos o direito de modificar essa política de privacidade a qualquer momento, então por favor, revise-a com frequência. Alterações e esclarecimentos vão surtir efeito imediatamente após sua publicação no site. Se fizermos alterações de materiais para essa política, iremos notificá-lo aqui que eles foram atualizados, para que você tenha ciência sobre quais informações coletamos, como as usamos, e sob que circunstâncias, se alguma, usamos e/ou divulgamos elas. Se nosso site for adquirido ou fundido com outra empresa, suas informações podem ser transferidas para os novos proprietários para que possamos continuar a vender produtos e serviços para você

19 de September de 2023
Administradores

Assim como a economia brasileira passou por um Plano Real, as empresas também estão numa jornada de realinhamento

por Virgilio Marques dos Santos*

Num mundo em constante evolução tecnológica e social, uma transformação mais sutil, mas extremamente relevante, está a emergir nas corporações: o ESG (Environmental, Social, and Governance). Numa livre tradução, são os princípios ambientais, sociais e de governança. E, assim como a economia brasileira passou por um Plano Real, as empresas também estão numa jornada de realinhamento, priorizando o real, o tangível e o duradouro.

Mas por que, enquanto colaboradores, precisamos nos preocupar com isso? Porque, querido leitor, vivemos em uma era onde a transparência e a sustentabilidade não são apenas jargões, mas sim imperativos para o sucesso de qualquer organização. E, para ter destaque, é fundamental compreendermos a importância e a relevância do ESG. Vamos a isso:

1. Ambiental: o futuro é agora

Em tempos passados, temas como mudanças climáticas e conservação eram relegados ao segundo plano. Mas hoje, o custo da inação é demasiadamente alto. Empresas que ignoram suas responsabilidades ambientais enfrentam riscos financeiros, reputacionais e operacionais.

Compreender essa vertente é fundamental. Não se trata apenas de reciclar papel ou economizar energia. Trata-se de uma mentalidade, de reconhecer que nossos recursos são finitos e de que nosso dever como cidadãos corporativos é contribuir para um futuro mais sustentável. Nós, como empresa do setor de educação, também nos preocupamos. Não apenas as fábricas, mas todas as empresas.

2. Social: as relações que definem negócios

A dimensão social refere-se ao papel das empresas nas comunidades onde operam e como tratam seus funcionários, fornecedores e clientes. Aqui, o capital humano é essencial. Como tratamos uns aos outros e como valorizamos a diversidade e promovemos a inclusão são pontos que definem não apenas nossa cultura corporativa, mas também nossa resiliência e adaptabilidade.

Para o colaborador moderno, é vital compreender que o sucesso não é apenas medido pelo lucro. A maneira como impactamos a sociedade, como lidamos com questões complexas e controversas, como a desigualdade e os direitos humanos, é uma métrica de sucesso tão importante quanto qualquer outra. A velha máxima proferida por alguns artistas de fama que não se importam com seus seguidores caiu por terra.

3. Governança: o pilar da integridade

No Brasil, temos uma história rica, mas por vezes conturbada, de governança corporativa. E ainda que muitos possam ver com ceticismo, a boa governança é a base para qualquer empresa que pretenda ter longevidade e respeitabilidade.

Isso significa ter processos claros, líderes responsáveis e uma cultura de integridade que permeia todos os níveis da organização. Para o colaborador, isso se traduz em responsabilidade, em ter a coragem de agir com ética e em promover uma cultura de transparência.

O ESG como diferencial competitivo

Se antes o ESG era visto como uma “boa ação” ou uma maneira de “limpar” a imagem corporativa, hoje é um diferencial competitivo. Empresas que incorporam esses princípios são mais atraentes para investidores, clientes e, sim, para talentos.

Como colaborador, ao entender e promover o ESG, você não apenas se posiciona como um ator-chave no presente da sua organização, mas também molda o futuro dela. Trata-se de uma mentalidade de crescimento, de constante aprendizado e adaptação.

Concluindo…

O Plano Real transformou a economia brasileira. O ESG tem o potencial de transformar o mundo corporativo. Para colaboradores que desejam se destacar, a mensagem é clara: adapte-se, evolua e incorpore o ESG não apenas em suas funções diárias, mas também em sua mentalidade e visão de mundo.

E, assim como o real tornou-se mais do que apenas uma moeda, como também um símbolo de estabilidade e progresso, que o ESG se torne mais do que apenas um conjunto de princípios, mas uma representação de um futuro mais justo, equitativo e sustentável para todos nós.

Compartilhe nas redes sociais
Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias